Anuncios
ÚLTIMA HORA:

Em Salvador, Manuela D’Ávila fala dos projetos para o Brasil

Em viagem pelo Brasil como pré-candidata pelo PCdoB à presidência da República em 2018, a deputada estadual gaúcha Manuela D’Ávila esteve em Salvador nesta segunda-feira (4) cumprindo uma agenda de atividades que incluiu entrevistas com a mídia local, almoço com o governador Rui Costa, encontro com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel, e um bate papo com a militância.

O debate denominado de “Encontro com Manu” reuniu representantes dos movimentos: estudantis, sociais e sindicais, parlamentares e lideranças políticas, foi realizada no Hotel Sheraton da Bahia.

Na ocasião, a comunista falou dos desafios da sua candidatura. “São várias os desafios e o maior deles é que em 95 anos de história do PCdoB esta é a terceira vez que lançamos uma candidatura própria. Tivemos candidatos em 1930, em 1945 e lançaremos em 2018, desta vez uma mulher”. E dos atuais problemas do Brasil. “A crise é muito grande e precisamos apresentar saídas para enfrentá-la. Nossa candidatura é exclusivamente comprometida em resolver os principais problemas do Brasil, que possui mais de 13 milhões de desempregados, 60 mil mortes violentas por ano, em que 40 mil delas são jovens que morrem em conflitos. Somos um país onde as pessoas têm medo de andar nas ruas dada a violência dos grandes centros”.

Projetos e apoio aos governos Lula e Dilma

A construção de um projeto que promova o crescimento do país também foi destaque. “Precisamos fazer com que o Brasil volte a investir, que o governo possa garantir infraestrutura e políticas sociais. Esta é a base da construção do nosso projeto de desenvolvimento e dedicaremos os próximos meses a rodar o Brasil conversando com pessoas para construí-lo”.

O apoio aos programas dos governos Lula e Dilma, que promoveram crescimento e desenvolvimento para o Brasil, foi lembrado por Manuela. “Nós tivemos uma longa relação de apoio aos governos Lula e Dilma, mais do que apoiar, governamos juntos, construímos mudanças importantes para o Brasil. Quem tem coragem de dizer que os 10 milhões de moradia não foram importantes, o Programa Mais Médicos? Conseguimos políticas importantes e com o impeachment de Dilma um novo ciclo se abriu e é necessário apresentar as nossas propostas”.

As reformas que retiram direitos

A pré-candidata criticou as reformas promovidas pelo atual governo. “Somos um país que implementou uma Reforma Trabalhista que vai escravizar as mulheres e os trabalhadores em geral e pode aprovar uma Reforma da Previdência que fará com que as pessoas morram sem se aposentar. São debates que interessam a todos e em especial as mulheres. E principalmente as mulheres negras, que são ainda mais prejudicadas”.

Baixa popularidade de Temer

Outros temas abordados por Manuela foram a baixa popularidade do presidente e as pautas regressivas que têm retirado direitos. “Noventa e oito por cento da população acha esse governo um desastre porque ele rompeu com todos os compromissos assumidos pela gestão passada. É um governo que realiza reformas que retiram direitos dos trabalhadores, congela os gastos públicos por vinte anos e está atolado em denúncias de corrupção”.

A atividade contou ainda com a participação dos deputados federais Alice Portugal, Daniel Almeida e Davidson Magalhães; vereadores Aladilce Souza e Helio Ferreira; deputado estadual Zó; Wanderlei Cardoso, prefeito de Tanque Novo; o ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, e o atual, Paulo Bonfim; a secretária de Trabalho Emprego Renda e Esporte Olívia Santana; o presidente da Bahiagás, Paulo Gavazza; Rosa Souza, da CTB Bahia; a secretária de política para as mulheres, Julieta Palmeira, representantes da União da Juventude Socialista (UJS), da União Nacional dos Estudantes (UNE), além de várias vereadores de municípios do interior do estado.

Biografia

Manuela tem 36 anos, é jornalista de formação, casada e mãe de Laura, de dois anos. No PCdoB desde 2001,em 2004, com apenas 23 anos, foi eleita a mais jovem vereadora de Porto Alegre. Foi deputada federal, também pelo Rio Grande do Sul, por dois mandatos, quando liderou a legenda na Câmara dos Deputados e foi indicada três vezes como uma das “100 Cabeças do Congresso Nacional” pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, que premia os melhores parlamentares do Brasil.

Na Câmara Federal Manuela foi autora da Lei do Estágio e relatora do Vale-Cultura e do Estatuto da Juventude, presidiu a Comissão de Direitos Humanos e foi coordenadora da bancada gaúcha.

Filiada desde 1999 à União da Juventude Socialista (UJS), Manuela foi vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE) e em 2013 foi eleita presidenta estadual do partido. Atualmente a parlamentar está à frente da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Fonte: PCdoB/Bahia

 

Anuncios

Categorías

Acerca de el comunista (70805 Artículos)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: