Anuncios

Câmara de Alcácer do Sal intercede pelos pescadores da Comporta

PORTUGAL.- O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal reuniu-se com o director-geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, na passada quinta-feira, em Lisboa, para pedir a revisão da licença de apanha de marisco.

A autarquia esclarece num comunicado que a reunião resultou do compromisso assumido pelo presidente, Vítor Proença, aquando da presidência aberta realizada na freguesia da Comporta, em fins de Janeiro.

Em causa, o facto de a licença de 2018 proibir os pescadores da freguesia da Comporta de apanhar lingueirão, lamejinha e amêijoa. Uma alteração «não justificada», que «afecta a vida económica de muitas famílias».

Acompanhado da presidente da Junta de Freguesia da Comporta, Deolinda Florêncio, e de um representante dos pescadores locais, Vítor Proença pediu a revisão da licença emitida pela Direcção-Geral, segundo a qual «os pescadores estão limitados a apanhar caranguejo à mão, além de poderem ainda apanhar amêijoa da cabeça (ou amêijoa boa), mas não poderem comercializá-la».

A Câmara de Alcácer do Sal informa que o director-geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, José Carlos Simão, justificou a alteração «com razões microbiológicas e níveis de toxinas», e assumiu o compromisso de, na segunda quinzena de Abril, enviar à Carrasqueira técnicos da Direcção-Geral para procederem a uma reunião com os pescadores, a fim de lhes transmitir «procedimentos e informações úteis».

abrilabril

Anuncios

Categorías

About el comunista (95623 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: