Anuncios
ÚLTIMA HORA:

Daesh aumentou actividade após ameaças de ataque

Com as ameaças à Síria a subirem de tom, o Daesh intensificou a actividade em território sírio. Por outro lado, prosseguem as adesões de militantes ao plano de reconciliação nacional.

A Rússia e a televisão síria divulgaram ontem, ao final da tarde, vídeos contradizendo as versões dos chamados Capacetes Brancos sobre o suposto ataque químico em Ghouta, e a que o Ministério russo da Defesa fez alusão durante a tarde de 13 de Abril.

A actividade do ISIS (ou Daesh) em território sírio tem aumentado de intensidade durante os últimos dias, depois das ameaças de ataque proferidas por dirigentes de grandes potências como os Estados Unidos e a França. A realidade é reconhecida pelo denominado Observatório Sírio dos Direitos Humanos, com sede em Londres, que dá conta de operações do ISIS contra forças do Exército sírio em Badyieh Deir Ez-Zor, Badyieh Al-Mayadeen, na margem ocidental do rio Eufrates, e também perto de Hamimeh, nas regiões a Nordeste da cidade de Homs. O ISIS reforçou igualmente posições a Sul de Damasco, onde conta com o apoio operacional de várias milícias patrocinadas por Israel.

Nas últimas horas, membros de grupos armados que combatem o governo sírio entregaram as armas a destacados oficiais do Exército em mais duas aldeias da província de Hama e juntaram-se ao acordo de paz com as forças armadas governamentais, anunciou o Ministério russo da Defesa. Trata-se das aldeias de Asliyeh e Ab Hamami, onde os combatentes armados formalizaram a rendição e se acolheram ao plano de reconciliação nacional. A decisão eleva para 2503 o número total de aldeias, regiões e cidades que aderiram a este plano e abandonaram a confrontação com o exército regular.

Caças russos assumiram o controlo dos céus da Síria como resposta a notícias de que os Estados Unidos movimentavam aviões espiões nas imediações das províncias costeiras de Tartus e Latakia, onde se concentra grande parte do aparelho militar russo em território sírio.

Sete aviões espiões norte-americanos aproximaram-se da costa síria, especialmente da base militar de Hmeimim, na zona Sudoeste da província de Latakia, controlada pelas forças militares russas.

Os caças russos patrulham habitualmente as costas da Síria desde as primeiras ameaças proferidas pelo presidente norte-americano, mas o número de saídas elevou-se de maneira significativa ao longo do dia de ontem.

abrilabril

Anuncios

Categorías

Acerca de el comunista (78369 Artículos)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

w

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: