Anuncios

Neste sábado, atos marcam um mês da morte de Marielle Franco

Neste sábado (14) completam 30 dias da morte da vereadora Marielle Franco (Psol) e do motorista Anderson Gomes. Para lembrar a data e manter viva a luta de Marielle e exigir, mais uma vez, que a justiça seja feita atos serão realizados no Rio de Janeiro e em São Paulo. Até agora, nenhum resposta foi dada para o crime.

Um mês após a morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, uma série de eventos serão realizados para pedir justiça e lembrar a luta da vereadora.

No Rio de Janeiro, está programada uma ocupação nos Arcos da Lapa, seguida da “Marcha e Tambores” em direção ao Estácio, local onde Marielle e Anderson foram assassinados. A mobilização deverá começar às 17h.

Já em São Paulo, um evento batizado de “1 mês do luto à luta – Ato por Justiça a Marielle”, acontecerá no vão livre do MASP (Museu de Artes de São Paulo), às 16 horas.

O ato de São Paulo é organizado pela comunidade virtual “Contra o Genocídio Negro” que promove desde 31 de março a campanha #30DiasPorMarielle, encabeçada por organizações e coletivos do movimento negro, entidades mistas e pessoas independentes de São Paulo.

Katiara Oliveira, membro do coletivo Kilombagem, afirmou que “essa campanha serve para pautar um genocídio no qual as mortes são da população pobre e de maioria preta. Denunciamos um Estado que se faz ausente nas políticas públicas e presente na hora da segurança pública, exprimindo uma justiça seletiva, dentro da lógica militarizada”, considerou em entrevista ao Brasil de Fato.

Homenagem

Nesta quinta-feira (12), Marielle Franco foi homenageada com a Medalha Tiradentes – uma honraria concedida pelo Governo e destinada a premiar pessoas que prestaram relevantes serviços à causa pública do Estado do Rio de Janeiro. A ideia foi encabeçada pelo deputado Marcelo Freixo (Psol-RJ).

Em seu Facebook ele fez uma publicação chamando à todos e todas para o ato deste sábado.

“A Marielle vai estar presente no sábado (14), ao amanhecer, em muitas praças. Nós vamos enfeitar as praças em sua memória e da do Anderson. A cidade vai amanhecer, no dia em que sua morte completa um mês, tendo a memória afetiva de que ela não será esquecida. E ás 17h, vamos fazer uma caminhada dos Arcos da Lapa até o lugar da sua morte, no Estácio. Gostaria de agradecer o voto de cada deputado e deputada, e também ao voto contrário, porque é sinal de tudo aquilo que a Mari representa no mundo inteiro: nós vamos vencer a barbárie. Nós não pedimos vingança. Nós pedimos justiça”.

Para confirmar presença no evento do Rio de Janeiro clique aqui ou para São Paulo por este link.

Do Portal Vermelho, com informações do Brasil de Fato

Anuncios

Categorías

About el comunista (84613 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: