Anuncios

Greve dos trabalhadores da Saúde adiada para 15 de Junho

PORTUGAL.- A decisão surge após acordo parcial com Governo. Frente Comum afirma que tal serve para dar tempo aos trabalhadores e que a greve não está desconvocada, visto haver outras reivindicações por cumprir.

A greve de 25 de Maio dos trabalhadores da Saúde, que não incluí médicos e enfermeiros, foi adiada para 15 de Junho, após a Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública ter assinado ontem um acordo com o Governo sobre os contratos individuais na Saúde.

Ana Avoila, coordenadora da Frente Comum, em declarações aos jornalistas, explicou que, na reunião desta segunda-feira realizada com o ministro da Saúde, Adalberto Fernandes, foi alcançado um acordo para a carreira geral dos assistentes e técnicos superiores de saúde, mas existem outras reivindicações que ainda não foram satisfeitas.

A dirigente explicou que o adiamento serve para dar tempo aos trabalhadores para se informarem devidamente do acordo alcançado, não estando desconvocada, visto persistirem ainda várias reivindicações por resolver.

Conforme noticiado no mês passado, os trabalhadores exigem a criação de uma carreira de técnico auxiliar de saúde, a valorização da questão da carreira dos técnicos de diagnóstico e terapêutica, que «ficou aquém do que é justo», o «aumento geral dos salários» e a abertura de concursos, como resposta para a falta de pessoal que leva a ritmos de trabalho pesados.

abrilabril

Anuncios

Categorías

About el comunista (93001 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: