Anuncios

Propaganda de Temer admite: “Está todo mundo endividado e sem grana”

A equipe de marketing de Michel Temer divulgou vídeos nas redes sociais para tentar ressuscitar a imagem do governo enterrado com índices recorde de impopularidade.

Por Dayane Santos

Em um dos vídeos, um ator inicia dizendo: “Tá reclamando do governo? Achando tudo ruim? Então assista esse vídeo”. Em seguida, o ator volta com outra indagação: “Por que o governo diz que as coisas estão melhorando e eu não vejo?”.

Ele continua afirmando que Temer pegou o país no “caos” e justifica que as pessoas não perceberam a melhora porque a situação era muito crítica. Contraditório, pois se era crítica a situação e o brasileiro estava no fundo do poço qualquer melhora seria sentida pela população rapidamente.

Mas as contradições da peça de propaganda não param. Ao mesmo tempo que o ator afirma que a situação melhorou e a inflação baixou, diz que “todo mundo ainda está endividado e sem grana para poder comprar as coisas”. E ainda ironiza: “Por acaso está sobrando algum dinheiro por aí?”.

O vídeo segue com a narrativa de melhora e diz que o governo criou dois milhões de empregos. “Sim, ainda falta milhões”, admite. Precisamente faltam pelos menos 13 milhões de empregos, já que este é o número de desempregados. Vale destacar que, quando Temer assumiu, o desemprego atingia 11 milhões de trabalhadores.

O ator diz ainda que “está todo mundo cansado” pelos anos de crise e que Temer chegou para resolver o problema, “mesmo que isso gerasse a tal da impopularidade”. “O tratamento é assim mesmo: lento, amargo”, avisa.

“Por isso, todo mundo fica irritado e impaciente mesmo, porque já está todo mundo cansado com todos esses anos de crise. Era uma batata quente de um lado para o outro, mas alguém tinha que resolver, mesmo que isso gerasse a tal da impopularidade”, diz o ator.

Desde que assumiu o poder com um golpe que deu contra a presidenta eleita Dilma Rousseff, do qual era vice, Michel Temer amarga altos índices de rejeição nas pesquisas de opinião. No último levantamento feito pelo Datafolha, Temer foi considerado ruim ou péssimo por 82% dos entrevistados e apenas 3% consideraram o governo bom ou ótimo.

Sem legitimidade, Temer tenta criar a falsa ideia de que suas medidas só terão efeito quando sair do governo. Mas os brasileiros não acreditam nesse conto da carochinha. De acordo com a pesquisa Datafolha, 72% dos entrevistados consideram que a situação do país piorou, contra apenas 6% que acreditam na melhora.

Com isso, a perspectiva do brasileiro também é negativa, batendo recorde. Os que afirmam que a situação vai piorar nos próximos meses somam 32%, contra 26% dos que acreditam em melhora da economia.

Se o vídeo da equipe de comunicação de Temer tem como objetivo de melhorar a imagem do governo, certamente o efeito será o inverso. A peça publicitária é um retrato desatroso do governo que o marqueteiro Elsinho Mouco não consegue usar as técnicas de publicidade para vender.

Depois de virar piada ao criar o slogan “O Brasil voltou, 20 anos em dois”, que tentava defender o suposto avanço das medidas de Temer, as peças prometem ser mais um desastre de comunicação e virar piada nas redes.

“Se vamos sentir os efeitos dessa gestão só no futuro, eu já estou triste pelo que as atuais gerações e as próximas vão passar”, comentou um internauta.

“Enganar o povo é a política deste governo infernal”, disse outro.

Do Portal Vermelho

Anuncios

Categorías

About el comunista (84460 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: