Enfermeiros em greve perante incumprimento do Governo

PORTUGAL.- Arrancou esta quarta-feira a greve faseada dos enfermeiros, de forma a mitigar os transtornos aos utentes. Exigem que o Governo honre os compromissos e colabore na solução dos problemas do SNS.

A greve nacional em curso, iniciada às 8h, realiza-se hoje exclusivamente nos hospitais (blocos operatórios e cirurgia de ambulatório). Amanhã, o protesto decorre nas restantes instituições de saúde que tenham enfermeiros ao serviço.

Os dois dias de greve, a que se juntam mais quatro dias de protestos específicos na próxima semana, fazem parte de um novo modelo de greves faseadas que vão variar de local e de instituição conforme o dia. Os sindicatos procuram assim, em conjunto com os serviços mínimos, minimizar os transtornos aos utentes no acesso aos cuidados de saúde.

No documento, a frente sindical afirma que o Governo insiste numa «operação de cosmética atentatória da dignidade dos enfermeiros», visto que a proposta mantém quase tudo na mesma. A única excepção é o suplemento remuneratório atribuído aos enfermeiros especialistas, que a tutela quer fixar nos 150 euros, quando antes assumiu que o valor era transitório até à alteração da carreira.

Os enfermeiros têm greve nacional marcada para 20 e 21 de Setembro, com os sindicatos a afirmar que vão manter o pré-aviso, caso o Governo insista e não apresente uma nova proposta que contemple as reivindicações.

As estruturas sindicais exigem a existência de um instrumento legal que regule o desenvolvimento profissional e salarial dos enfermeiros, aplicado a todas as instituições do sector público, de igual modo, independentemente do contexto, como também a valorização salarial de toda a grelha e a definição das condições de acesso à mesma, às categorias, aos princípios de avaliação e às especifidades dos concursos.

As 35 horas de trabalho semanais para todos, o aprofundamento e valorização dos enfermeiros especialistas, a consagração da categoria de enfermeiro director/gestor e a inclusão de medidas compensatórias da penosidade da profissão, como o trabalho por turnos, são outras reivindicações.

abrilabril

About el comunista (68216 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: