Anuncios

Há 16 anos, Lula levava seus ministros para ver de perto a pobreza no Brasil

No dia 10 de janeiro de 2003 o presidente viajou com 30 ministros para os lugares com o pior IDH do país, a partir daí nasceram as políticas públicas que mudaram o Brasil.

Os 10 primeiros dias de um presidente dão a tônica de como ele vai avançar em seu mandato. E há 16 anos, no dia 10 de janeiro de 2003, Lula tomou uma das medidas mais marcantes de sua presidência. Acompanhado de 30 de seus 34 ministros, o ex-presidente viajou para os lugares com o menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e famosos pela falta de assistência federal.

A primeira viagem de Lula na presidência foi para Teresina, no Piauí, onde visitou a comunidade Irmã Dulce. Lá, ele disse a que vinha. “Tinha um compromisso durante a campanha. Era levar o meu ministério para conhecer esse outro lado do Brasil. É lógico que pobre é pobre em qualquer lugar, mas também é verdade que há pobrezas maiores que outras pobrezas. E quando ela atinge a situação em que deixa de ser pobreza para ser miséria, ela fere o mais forte sentimento que é a dignidade da espécie humana.”

A segunda parada da caravana foi em Brasília Teimosa, bairro pobre do Recife famoso por suas casas de palafitas construídas sobre o mar. No local, Lula pediu para que os ministros se separassem e conversassem com o povo para ouvir suas necessidades e desejos.

Esta viagem, que seguiu por outras localidades pobres do Brasil e dali nasceram projetos sociais de extrema importância como o Bolsa Família, Luz para Todos e o Programa de Cisternas.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Anuncios
About el comunista (24147 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: