Anuncios

Haddad diz que ‘tsunami’ vai sair das ruas pela educação no Brasil

Em discurso no ato da Cinelândia, no Rio, na sexta-feira (10) à noite, o ex-candidato a presidente Fernando Haddad (PT) mandou um recado a Bolsonaro: “Você (Bolsonaro) vai tomar um grande susto semana que vem. Eu não sei de qual tsunami você está falando, mas um deles com certeza vai sair das ruas pela educação no Brasil.”

Ao participar de um evento com dirigentes da Caixa, em Brasília, Bolsonaro falou que aconteceria um «tsunami» no governo, mas não esclareceu a que estava se referindo.

O ato realizado no centro da capital carioca reuniu muitos dos brasileiros e brasileiras que acreditam e querem um outro projeto para o Brasil. Entre eles, além dos já citados representantes de partidos políticos, estavam lideranças de diversos movimentos sociais, entidades sindicais e organizações de estudantes.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), líder da Minoria na Câmara dos Deputados, discursou no evento e defendeu o avanço na unidade para derrotar os fascistas contra os cortes na Educação.
A iniciativa, por sinal, teve como uma das bandeiras a defesa permanente da educação pública do país, atacada por Bolsonaro com cortes no orçamento, e a manutenção da luta pela liberdade de Lula, preso injustamente há mais de um ano.

Haddad criticou os quase quatro meses de governo Bolsonaro. “Vocês sabem que o Bolsonaro tem problemas graves. Ele tem problemas filosóficos, sociológicos e psicológicos e nós temos que enfrentar. Ele vive num mundo paralelo e não sai do Twitter, não toma uma única medida positiva para o país”.

O ex-prefeito de São Paulo acrescentou qual seria o cenário ideal do país: Lula solto e na presidência e Bolsonaro respondendo por crimes que parece ter cometido e nem sequer é investigado, como o envolvimento no caso do Queiroz.

Portal Vermelho

Anuncios
About el comunista (55318 Articles)
Síguenos en Twitter @elcomunistanet Síguenos en Facebook grupo: el comunista prensa roja mundo hispano Nuestro e mail: elcomunistaprensa@yahoo.com

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

A %d blogueros les gusta esto: